Conheça as 4 principais tendências de marketing digital para 2019

Será que o seu negócio está atento às tendências do marketing digital para inovar e sair na frente da concorrência? Com o início do ano que se aproxima, é natural surgirem novas metas para serem alcançadas. Para isso, porém, é indispensável planejar as próximas estratégias que serão adotadas.

Conheça as 4 principais tendências de marketing digital para 2019 | E-goi

É necessário ter em mente que o marketing é um segmento dinâmico, por isso está em constante mudança. Logo, em um mercado onde a tecnologia toma cada vez mais espaço, a empresa que deseja se destacar precisa considerar novas alternativas e inovar — caso contrário ela poderá ser deixada para trás.

Sendo assim, o primeiro passo para um ano de sucesso é estar por dentro das principais novidades de marketing digital previstas para 2019. Com isso em mente, separamos alguns exemplos para você. Confira!

1. Realidade virtual e aumentada

A realidade virtual (VR) é uma tecnologia que favorece a simulação de ambiente digital. Nessa interface avançada ocorre uma interação entre o usuário e um sistema computacional — para ilustrar melhor esse conceito, lembre-se do filme Matrix.

No longa, tem uma cena em que Neo é conectado à matrix — um exemplo de realidade virtual. Mesmo com seu corpo no mundo real, a mente do personagem estava em um plano simulado virtualmente após a conexão.

A realidade aumentada (AR), por sua vez, nada mais é do que uma expansão da realidade, onde ocorre uma integração entre os elementos reais e virtuais. Um exemplo é o famoso jogo Pokémon Go da Nintendo.

No game, os jogadores conseguem capturar os monstrinhos com pokébolas virtuais ao visualizá-los na tela do smartphone por meio da câmera. Além disso, os pokémons são posicionados estrategicamente em pontos do mapa mediate a um recurso de geolocalização.

Além de serem conceitos muito presentes na vida das pessoas — em jogos, filmes etc. —, VR e AR também conseguem influenciar a decisão de compra e já são bastante utilizadas nas estratégias de marketing das grandes empresas que desejam:

  • propiciar imersão e interação entre marca e cliente;
  • facultar a experimentação de algo à distância;
  • apresentar produtos inacabados;
  • atrair clientes interessados em tecnologia;
  • criar a percepção de ser uma companhia inovadora.

2. Integração de aplicativos e chatbots

O uso de aplicativos de mensagens é um hábito constantemente adotado pelos consumidores — para muitos, inclusive, é a forma preferida para contatar empresas e profissionais. À vista disso, deixar essa tendência de fora da sua estratégia de marketing digital em 2019 pode ser uma péssima ideia.

Facebook Messenger e WhatsApp Business são exemplos de aplicativos que já são bastante utilizados pelas corporações e que têm trazido resultados incríveis, especialmente quando aliados ao chatbot. Tal integração otimiza o contato ao disponibilizar inúmeras funções.

O chatbot é uma ferramenta de computador que simula uma conversa humana de acordo com o que está programado para fazer. Por meio dele, é possível automatizar tarefas repetitivas e burocráticas, o que resulta em mais tempo para resolver questões mais complexas na empresa.

Existe, ainda, a opção de chatbot com inteligência artificial que permite ao usuário obter respostas corretas mesmo fazendo perguntas de modo diferente do programado. É interessante lembrar, porém, que essa tecnologia pode funcionar de diversas maneiras, por isso é importante optar por aquela que melhor atende às suas necessidades.

Sendo assim, é imprescindível determinar o objetivo do chatbot e o canal no qual ele será empregado. A nossa sugestão é aliá-lo aos aplicativos, como grandes marcas já têm feito. A Natura, por exemplo, realiza vendas pelo Facebook.

3. Pesquisa por voz

Tecnologias de comando de voz, como o Google Home, estão transformando o comportamento do usuário, o qual, muitas vezes, não dispõe de tempo para digitar os termos de sua busca no smartphone, tendo em vista que está cada vez mais atarefado e apressado.

Para se destacar em um mercado altamente concorrido, é fundamental estar atento à experiência do consumidor. No entanto, além disso, a pesquisa por voz nos buscadores é uma ferramenta muito importante para a sua estratégia de SEO, dado que ela altera o rankeamento do conteúdo.

Isso acontece porque o Google frequentemente aperfeiçoa o seu algoritmo de rankeamento com o intuito de sempre oferecer os melhores resultados para as buscas realizadas. Nesse contexto, em 2013 ocorreu a atualização apelidada Hummingbird cuja principal vantagem foi a possibilidade de compreender melhor as consultas dos usuários.

Desde então, além de considerar o significado da palavra-chave, o buscador passou a interpretar a intenção e contexto por trás de cada pesquisa para listar os resultados apropriados. Ou seja, a semântica do conteúdo e a sua relevância, segundo os interesses do usuário, passaram a ser valorizados pelo Google.

Relacionado:  Gestão de Projetos Digitais: 7 erros que devem ser evitados

Tal mudança no algoritmo concedeu mais eficiência ao funcionamento do comando por voz, pois é comum utilizarmos termos concisos em buscas escritas, enquanto, naturalmente, elaboramos questões mais completas na fala.

Ficou interessado? Então confira algumas boas práticas de SEO para que você tenha o melhor rankeamento na internet com a pesquisa por voz:

  • cadastrar a sua empresa no Googe Meu Negócio;
  • criar posts ou páginas com respostas para as perguntas frequentes do público;
  • otimizar o site para aparecer nos featured snippets.

Os featured snippets são aquelas caixas de respostas diretas e concisas para uma busca que aparecem no topo da página de resultados — a “posição 0 no Google”. Para exemplificar melhor, busque por previsão do tempo, tradução ou cotação de moedas e logo verá uma caixa com a informação desejada.

4. Automatização de conteúdo

A automação dos processos é o resultado da busca incessante por novas formas de aprimorar a produtividade do trabalho. Por isso e para liberar a equipe de marketing de tarefas burocráticas — de modo que ela possa focar em atividades mais importantes e táticas da estratégia —, muitas empresas têm atuado com esse recurso visando atrair, converter, nutrir e fidelizar o público.

Ferramentas de automação conferem mais agilidade, eficácia e confiabilidade aos processos — e a produção de conteúdo não fica de fora disso. Aqui, é importante ressaltar que estamos falando além da entrega.

Atualmente, existem softwares munidos de inteligência artificial capazes de conceber textos de maneira mais ágil, objetiva, econômica e exclusivamente baseada em dados. Parece futurista demais, certo? Entretanto, acredite: já é uma realidade e uma tendência forte para 2019.

Talvez você esteja se questionando qual é o papel do produtor de conteúdo em meio a tanta tecnologia. Tenha em mente que nós, ainda, somos mais criativos que os robôs e que o fator humano é insubstituível para criar textos relevantes, originais e únicos. Além disso, somos dotados de empatia.

O ideal, então, é unir a velocidade da tecnologia com o talento do produtor de conteúdo de modo que o trabalho seja complementar, e não substituto. Assim, você não correrá o risco de comprometer a qualidade dos seus textos em prol da rapidez na entrega.

Agora você já conhece as principais tendências do marketing digital para incluir no planejamento do seu negócio em 2019. Para se destacar da concorrência, conseguir mais clientes e faturar mais no próximo ano, esteja atento a elas e não tenha medo de inovar.

Este post ajudou você? Então o compartilhe em suas redes sociais para que outras pessoas possam lê-lo também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.