O guia definitivo de vídeos para o YouTube

O trabalho de marketing em vídeos no YouTube é cada vez mais essencial para uma estratégia de sucesso. Afinal, os conteúdos desse tipo contam com um alto potencial de transmitir informações e contribuir com a divulgação de produtos e serviços.

O guia definitivo de vídeos para o YouTube | E-goi

No decorrer dos anos, o YouTube transformou-se em sinônimo de oportunidades para pôr sua marca em evidência, pois será possível se apresentar para sua audiência e estreitar relacionamentos com conteúdos que estimulem a interatividade.

Visto que trata-se da plataforma de vídeos de maior audiência no mundo e o segundo site de buscas mais utilizado no planeta, marcar presença por lá será crucial para sua empresa. Além disso, o YouTube está diretamente ligado ao Google, o que pode contribuir para melhorar o ranqueamento do seu site nas buscas pela web.

Nesse contexto, preparamos um guia completo para você aprender a produzir vídeos para o YouTube. Mostraremos questões desde a montagem de estúdio, passando por técnicas de filmagens, escolha de equipamentos, entre outras, que serão essenciais para você se diferenciar no mercado e se manter cada vez mais competitivo. Confira!

Monte o seu estúdio

Se você quer fazer vídeos e colocá-los na internet, é preciso ter um bom planejamento e investir em algumas particularidades, como na qualidade de seus materiais. Hoje, com tanto conteúdo disponível na internet, é interessante fazer investimentos para que você ofereça algo de qualidade.

Embora o conteúdo seja o rei na web, é muito importante que você se preocupe com questões mais técnicas, como um estúdio, que é uma das soluções mais adequadas para ajudá-lo a economizar dinheiro com a produção e ainda deixar os processos mais dinâmicos e menos burocráticos.

Logo, antes de se preocupar com os equipamentos e quaisquer outras coisas, o primeiro passo é encontrar um local adequado para montar o estúdio para gravar seus vídeos, de forma a atender suas necessidades em termos de estrutura e equipamentos.

Desse modo, logo abaixo vamos destacar os 3 principais passos para você contar com seu próprio estúdio. Acompanhe!

O espaço

Lembre-se de que o estúdio precisa ter um espaço que seja suficiente para você gravar seus vídeos, para os equipamentos, os atores e a equipe técnica. Um local que seja pequeno pode ser muito ruim para a qualidade de vídeos produzidos e ainda causar algum tipo de acidente, visto que os equipamentos de produção são frágeis e podem ser danificados com facilidade.

A acústica

Busque sempre por lugares que sejam os mais distantes possíveis de barulhos. Sempre privilegie o isolamento de qualquer tipo de som que possa atrapalhar a gravação.

Outra dica para você se proteger dos ruídos é por meio de investimentos em placas de isopor ou espumas, que podem ser colocadas nas janelas e portas. Além disso, as caixas de ovo também são eficientes para fazer com que a acústica do ambiente fique melhor e você pode colocá-las por cima das espumas.

A iluminação e as cores

Se você for utilizar uma sala fechada para o seu estúdio, vai precisar investir na iluminação. Por isso, nunca se esqueça de que uma cena mal iluminada ou cheia de sombras pode fazer com que a sua produção seja arruinada.

Logo, se você não puder contar como a luz natural, o que é bem difícil, fique bem atento para iluminar um ambiente da melhor forma possível.

Outra questão que precisa de atenção é sobre a cor do ambiente que você utilizará. Afinal, dependendo da tinta e da cor que é utilizada na parede, a luz pode ser refletida de forma colorida e fazer com que toda a sua cena tenha um aspecto ruim.

Por isso, você deve dar preferência às tintas foscas, que absorvem a luz em vez de refleti-la. Além disso, caso você utilizar sua capa parede como fundo das imagens, escolha as cores mais neutras que não causam muita interferência, caso sejam refletidas sobre produtos ou pessoas.

O branco acaba sendo uma ótima opção e, caso queira, você sempre pode enfeitar a parede com quadros, relógios ou elementos que tenham a ver com seu conteúdo. Caso você tenha conhecimentos técnicos e queira produzir vídeos mais profissionalizados, vale a pena investir em um chroma-key.

Por fim, vale dizer para você se lembrar de prezar pela organização do cenário como um todo, ou seja, tenha sempre um ambiente bonito e limpo. Isso trará bastante credibilidade para os vídeos e vai assegurar um número de inscritos no Youtube e, consequentemente, uma audiência engajada e conectada.

Relacionado:  Como conseguir mais inscritos no YouTube? Confira 5 dicas!

Escolha os equipamentos

A qualidade dos vídeos é um dos fatores essenciais para você ter sucesso na estratégia no YouTube. A boa notícia é que existem investimentos para todos os bolsos. Você pode gravar com uma câmera mais robusta e até mesmo com seu smartphone.

Além disso, também é importante investir na qualidade do áudio e em uma boa iluminação, o que dará um salto na qualidade das suas gravações. Abaixo, vamos destacar alguns equipamentos para a imagem, o áudio e a iluminação. Confira!

Imagem

Ao optar por câmeras, existem inúmeros modelos e preços. Independentemente se você escolher um smartphone, uma webcam ou uma câmera mais compacta, o que vale mesmo é o orçamento. Então, veja as possibilidades:

  • orçamento apertado: caso você tenha um celular com uma boa câmera, de preferência em Full HD, saiba que tem material que conta com uma tecnologia avançada. Um problema do celular são as poucas opções de regulagem de foco, mas é perfeitamente possível gravar ótimos vídeos para o Youtube com o telefone, devidamente preso em um tripé;
  • orçamento médio: as câmeras mais compactas, dependendo do modelo, são piores do que muitos celulares mais recentes. Por conta disso, é muito importante que você tenha atenção e escolha aquelas que tem um valor semelhante às câmeras DSLR de entrada;
  • orçamento tranquilo: as câmeras DSLR são as melhores apostas para você ter uma ótima qualidade no vídeo. Se quer algo mais prático, aposte nesse tipo de câmera. Mas há alguns modelos mais simples dessa categoria, como a Canon T5 e Nikon D3200.

Áudio

O áudio é muito importante para gravar vídeos de qualidade. No caso do áudio da câmera, ele acaba sendo prejudicado pelo ambiente, por isso que o microfone acaba sendo necessário. Nesse caso, veja as possibilidades:

  • orçamento apertado: o seu smartphone provavelmente conta com um microfone embutido no fone de ouvido. Não é o cenário mais perfeito, mas você pode gravar sua voz de forma separada no celular por esse jeito. Assim, esconda o fone de ouvido na camiseta e prenda a parte do microfone na gola. O som pode não ser tão perfeito, mas provavelmente ficará mais limpo que o som da câmera.
  • orçamento médio: você tem opção de investir em um microfone de lapela com pino que grave no smartphone. Gravando com um microfone de lapela, a qualidade do som do seu vídeo será muito melhor e o seu áudio ficará bem mais nítido para a sua audiência.
  • orçamento tranquilo: caso você grave sozinho, invista em um microfone de lapela e gravador digital. Você consegue achar algumas opções de kits com bons microfones gravadores. Indiscutivelmente, o resultado será muito melhor.

Iluminação

Uma boa iluminação também é essencial para você fazer com que seus espectadores assistam seus vídeos do início ao fim. Embora a luz natural funcione perfeitamente para diversos vídeos, você também pode investir em alguns tipos de equipamentos, como em um painel de luzes LED, que pode ser instalado diretamente na câmera.

Você ainda pode fazer investimentos mais robustos, como no kit LimoStudio, que cria Iluminações leves e difusas, ou em uma Neewer Camera, uma luz em anel, que é circular e pode ser instalada na câmera.

Use técnicas de vídeos para o Youtube ao seu favor

Para que o trabalho que você apresenta no YouTube tenha um excelente padrão de qualidade, você pode utilizar algumas técnicas de filmagens, que são essenciais para fazer um trabalho diferenciado e de sucesso. Abaixo, destacamos dicas que podem ser indispensáveis para a sua estratégia. Vamos a elas:

  • iluminação: um vídeo bem iluminado é vital para que seu conteúdo seja assistido de forma totalmente cômoda pelos espectadores, uma vez que evita que dados, informações e alguns locais fiquem escondidos;
  • animações: as animações oferecem possibilidades infinitas para você criar seus vídeos. Elas dão dinamismo ao seu conteúdo e podem ser uma atração a mais para as pessoas realmente estarem atentas às suas ideias;
  • narração: alguns conceitos mais complexos podem se tornar uma tarefa muito difícil de expressar. Por isso, uma narração mais pessoal pode fazer toda a diferença no momento de explicar algumas ideias;
  • música: escolher uma música que transmita as emoções desejadas é uma excelente forma de dar força para os conteúdos em vídeos;
  • humor: utilizar o humor é mais uma maneira de fixar a atenção do público de uma forma geral, mas você deve fazer isso de uma forma bastante pontual e evitar o excesso de informalidade;
  • gráficos: listar alguns ganhos sobre o desempenho de uma empresa no decorrer do vídeo pode se tornar algo chato, mas por meio do uso de infográficos é possível fazer com que a compreensão de informações seja mais fácil, além de evitar a leitura dos números;
  • emoção: contar histórias emocionantes são excelentes maneiras de passar a mensagem da empresa para o público e pode fazer com que a conexão com os clientes seja estabelecida. Além disso, vale lembrar que os vídeos emocionantes vendem mais;
  • duração: escolher quanto tempo um vídeo vai durar é uma técnica muito importante, uma vez que é essencial buscar o equilíbrio entre a velocidade na qual as ideias são expressadas e o período em que o usuário ficará focado no vídeo;
  • cores e filtros: utilizar cores e filtros de imagem são essenciais para dar mais profundidade às mensagens e eles podem ser utilizados tanto em vídeos mais comparativos, como em outros com caráter mais educativo;
  • histórico da empresa: contar um breve histórico da empresa e seus processos até o momento é uma técnica essencial para valorizar todo o progresso alcançado. Além disso, reforça a identidade e a imagem da marca.
Relacionado:  3 blogueiros gringos que você deveria conhecer

Acerte no tipo de conteúdo

É muito importante que você invista em um conteúdo que realmente seja relevante para a sua audiência. Os conteúdos devem realmente resolver os problemas do seu público e para ajudá-lo nessa tarefa vamos destacar 10 ideias de conteúdos para YouTube. Confira!

1. Vídeos explicativos

As pessoas gostam muito de vídeo-tutoriais, nos quais as coisas são explicadas de forma detalhada. Fazer vídeos que tirem as dúvidas das pessoas é uma ótima forma de ter muitas visualizações e engajamento.

2. Vídeos promocionais

É necessário ter atenção às promoções de produtos e serviços que seu público tem interesse. Com base nisso, você pode criar conteúdos voltados para algumas promoções que você esteja fazendo. Lembre-se de que todo mundo adora uma promoção e você pode explorar essa estratégia de maneira pontual.

3. Vlogs

As pessoas adoram saber detalhes dos bastidores nas vidas das pessoas. Por isso, caso for algo que se adapte ao seu negócio, você pode fazer vídeos mais informais, contando sobre conteúdos que você aprendeu, eventos que você participou, entre outras questões.

4. Dicas

As pessoas adoram receber dicas de todos os tipos. Portanto, se você tem alguma ideia sou expert em algum assunto, faça vídeos indicando ideias que certamente ajudaram seu público.

5. Faça webinários

Webinários são vídeos ao vivo nos quais você pode dar uma aula ou fazer uma palestra. A sua duração costuma variar e depende muito do tema e do tipo de público que você quer atingir. É uma excelente forma de estabelecer um relacionamento mais próximo com os possíveis consumidores e criar sua autoridade no mercado.

6. Reviews de produtos

O review de produtos é uma das ideias de vídeo que mais geram visualizações. Hoje em dia, muitas pessoas vão à internet para saber detalhes de um produto e isso pode ser uma ótima ideia para você divulgar suas mercadorias e promover sua marca.

7. Histórias de clientes

Você pode promover alguns vídeos contando histórias de superação de sucesso de alguns clientes. Lembre-se de que pessoas se conectam mais facilmente com outras pessoas do que com marcas.

8. Vídeos sobre como fazer

Muitas pessoas vão para a internet para resolver seus problemas. A partir do momento que você cria vídeos ensinando as pessoas a fazerem as coisas, você naturalmente construirá uma boa audiência.

9. Vídeos pessoais

As pessoas adoram saber sobre experiências. Portanto, se você tem alguma história pessoal interessante que leve ao contexto profissional, pode explorar isso nos vídeos e gerar muito identificação com seu público.

10. Vídeos motivacionais

Os vídeos motivacionais também são uma excelente ideia para você se identificar com seu público e fazer com que ele se engaje com a sua marca.

Configure o canal do Youtube

Caso você tenha acabado de criar um canal no YouTube, vamos dar dicas essenciais para você se destacar. Acompanhe, a seguir, algumas dicas de configuração do canal:

1. Adicione arte do canal e foto do perfil

É muito importante que você adicione uma arte para o canal e uma foto de perfil para ter uma identidade visual que seja facilmente reconhecida pelo seu público. Para o perfil (ou avatar), é interessante que você tenha um logotipo e para a arte (ou foto de capa) você pode utilizar imagens que estabelecem uma sinergia do seu trabalho com aquilo que você abordará em seu canal.

2. Adicione uma descrição e o cliente de suas outras plataformas digitais

Para descrever o seu negócio, é interessante contar um pouco da sua história e de sua proposta no YouTube. Vale apresentar, por exemplo, sua missão, visão e valores. Também é uma ótima oportunidade para você adicionar os links de outras plataformas, como Facebook, Instagram e Twitter. Para isso, você precisa ir nas configurações e habilitar a opção “Personalizar o layout do seu canal”.

3. Upload de vídeos

Para subir qualquer vídeo no Youtube, é só clicar no ícone da setinha, que fica no canto superior, à direita da tela. Em seguida, aparecerá a aba para você fazer o upload do vídeo. Você tem a opção de selecionar vários vídeos ou então pode subir um de cada vez.

Uma dica importante é que, no momento de fazer o upload, você deve colocar os vídeos na opção privado. Dessa forma, você pode editá-lo antes que libere o para o público. Depois que tiver tudo certinho, você pode colocar o vídeo como público.

Relacionado:  Quem são e quanto ganham os empreendedores digitais brasileiros?

4. Entenda as diferenças entre público, não listado e privado

No YouTube, existe a possibilidade de você configurar a privacidade dos vídeos. São três opções e cada uma delas tem algumas particularidades:

  • Privado: quando você seleciona essa opção, os vídeos só podem ser vistos pelo proprietário do canal. Recomenda-se colocar em privado quando o vídeo ainda não está finalizado ou quando você deseja que ninguém mais tenha acesso ao conteúdo;
  • Não listado: por meio dessa opção, seu vídeo só pode ser visto por pessoas que você deseja, ou seja, o público em geral não poderá ter acesso. Nesse caso, o dono do canal envie o link do vídeo para as pessoas que ele quer que assistam.
  • Público: essa opção possibilita que o vídeo fique aberto no seu canal e seja visto por quaisquer pessoas que fizeram uma busca.

Crie um check-list

Para ter sucesso com sua estratégia de vídeo no YouTube, é muito interessante que você tenha uma check-list para destacar todos os passos dos seus vídeos. No primeiro momento, você pode checar os seus passos em quatro situações:

1. Pré-produção

Nessa etapa, você precisa ficar atento a questões como duração, formato, quantidade dos vídeos e o encaminhamento do conteúdo. Aqui, também é o momento ideal para você escrever um roteiro de vídeo, totalmente alinhados com as necessidades e motivações do seu público.

2. Produção

Após você decidir aquilo que será feito e produzido, o ideal é colocar em prática a estratégia do conteúdo que foi definido no item anterior. Também serão feitas algumas correções de conteúdos, porque muitas vezes aquilo que foi colocado no papel não fica muito bem no vídeo. Além disso, nessa etapa também cabem os cuidados relacionados ao local da gravação, os formatos e os ângulos para que tudo saia perfeito.

3. Pós-produção

Após você gravar um vídeo de acordo com o planejamento das etapas anteriores, é preciso realizar aprender como editar vídeos, de forma a corrigir as possíveis imperfeições que estão no conteúdo. Nessa etapa, todo o vídeo deve ser avaliado antes de ser lançado por meio de testes de opinião entre as equipes e a diretoria da empresa.

4. Divulgação

Essa é uma das etapas mais importantes para profissionais envolvidos na estratégia de vídeos marketing para YouTube. Afinal de contas, lembre-se de que, com um bom conteúdo em mãos, as possibilidades de um vídeo são ilimitadas.

Nesse caso, vale a divulgação no próprio site nas redes sociais em e-mail marketing, de forma que você garante a efetiva taxa de abertura e, principalmente, uma maior conversão em relação a outros tipos de formato.

Além de avaliar cada uma dessas etapas, é essencial que você fique atento à estratégia de SEO para YouTube, de forma que seu vídeo possa aparecer bem ranqueado no Google. Para se destacar, é preciso investir nas seguintes técnicas:

  • use sempre palavras-chave no título;
  • conheça todas ferramentas do Youtube e saiba como explorá-las;
  • descreva efetivamente o seu vídeo e saiba utilizar as tags;
  • compartilhe em redes sociais, sites e onde puder;
  • utilize as chamadas para ação (CTAs) nos vídeos.

O que você achou dessas estratégias de vídeos para o YouTube? Conforme conferimos ao longo do texto, existem inúmeras possibilidades de ideias e técnicas para você colocar em prática agora mesmo e ter muito destaque na internet. Lembre-se de que o consumo de vídeos vai aumentar cada vez mais e, quanto antes você começar, melhor para a marca.

Se você realmente quer se diferenciar e se tornar cada vez mais competitivo, investir em vídeos no YouTube é um excelente negócio. Agora é o momento de colocar a mão na massa e fazer acontecer.

Se você gostou deste conteúdo, também aproveite para conferir alguns de nossos outros materiais. Entre eles, recomendamos que baixe nosso e-book sobre como se tornar um blogueiro de sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.