Como anunciar no Facebook: 5 dicas para criar campanhas profissionais

Para ampliar a geração de leads e as oportunidades de negócio, muitas empresas estão investindo nas redes sociais e obtendo retornos incríveis. Mas e você? Já sabe como anunciar no Facebook para potencializar os seus ganhos?

O Facebook Ads é uma ferramenta que possibilita alto poder de alcance e conversão sobre a audiência desejada. Isso é possível devido à rapidez e facilidade para gerar campanhas de grande impacto sobre um público bem segmentado.

No entanto, é necessário estar atento a alguns pontos para criar anúncios como um verdadeiro profissional. Ficou interessado? Então confira as nossas dicas e boas práticas que farão diferença em seus resultados!

1. Conheça bem a sua persona

A nossa primeira dica para você, é: saiba para quem veicular as suas campanhas no Facebook. Afinal, diante da concorrência acirrada no mercado atual, ter o público como centro das ações do seu negócio é imprescindível.

Contudo, ao contrário do que você talvez esteja pensando, não estamos falando de público-alvo — que engloba uma parcela mais abrangente da sociedade —, mas sim de criar e conhecer as suas personas — representações restritivas, objetivas e detalhadas dos clientes ideais. Estas são baseadas em dados reais e em pesquisa de mercado, e trazem informações como:

  • idade mais recorrente;
  • formação profissional;
  • cargo e empresa em que trabalha;
  • renda;
  • hábitos (de consumo, de busca por conteúdo etc.);
  • cidade em que mora;
  • hobbies;
  • problemas;
  • objetivos.

Elaborando uma entrevista com seus clientes e verificando pontos comuns entre eles, é possível conhecer as personas do seu negócio e adotar linguagem, tom, imagens, efeitos e esforços mais acertados em seus anúncios. Assim, estabelecer onde, quando, como e o que encaminhar para o público será uma tarefa mais fácil.

2. Segmente o público

O ideal é que a sua campanha seja entregue para a pessoa certa, na hora certa. Por isso, é importante fazer uma segmentação de público apropriada. Uma vez que você já conhece bem as personas do seu negócio, é possível verificar em que etapa do funil de vendas elas se encontram. Dessa forma, as chances de direcionar o seu anúncio no Facebook e fazê-lo funcionar são maiores. Veja:

  • Topo de funil: onde estão as pessoas que não conhecem o seu trabalho e que não sabem por que precisam dele;
  • Meio de funil: aqui as pessoas já conhecem você e estão buscando informações sobre diferentes opções;
  • Fundo de funil: nessa fase as pessoas reconhecem que sua empresa pode ajudá-las e estão preparadas para serem abordadas sobre isso.

Delimitado isso, a otimização de suas campanhas no Facebook é simplificada, pois você passa a ter condições de garantir que cada grupo receba apenas as ofertas certas. Ou seja, a segmentação do público torna o seu anúncio muito mais eficiente.

Outra dica importante é jamais tentar vender para um grupo que não conhece você e seu produto ao anunciar no Facebook. A propósito, direcionar todas as campanhas para uma página de vendas é um erro bastante cometido pelas empresas e dificilmente traz o resultado esperado.

3. Utilize imagens atrativas

É preciso ter em mente que as pessoas são extremamente visuais, e isso tem um peso considerável para o sucesso de uma campanha no Facebook. Nesse sentido, não é difícil imaginar que anúncios com boas imagens geram mais cliques e conversões justamente por parecerem mais atrativos.

A imagem tem forte efeito em ações de marketing. Por isso, é fundamental que os modelos sejam pensados e escolhidos sempre de acordo com o perfil e os interesses da sua persona — além, é claro, de contribuírem para o objetivo da sua campanha.

Quem trabalha com infoprodutos, como o digital influencer, ainda tem a necessidade de optar por imagens com uma característica especial: a de materializar e humanizar o produto. Isso porque para alguns compradores ainda é difícil compreender e confiar naquilo que não é palpável.

4. Entenda a ferramenta

Entender o Facebook Ads é de extrema importância para veicular anúncios poderosos na rede social. Sendo assim, a ferramenta nada mais é que uma maneira de fazer publicidade (anúncios) dentro da plataforma.

Para veicular uma nova campanha, é preciso indicar alguns dados sobre o público-alvo, definir o orçamento (diário ou vitalício), fazer programações — caso queira dias e horários específicos — e utilizar o CPM (custo por mil impressões) ou CPC (custo por clique).

O CPM é uma opção de investimento ideal para ações de reconhecimento da marca porque apresenta custo menor por visualizações. O CPC, por sua vez, tem custo elevado por clique, porém é mais segmentado — o Facebook mostra essas campanhas para pessoas que costumam clicar em anúncios. Ou seja, com a segunda opção há mais possibilidade de conversão.

Relacionado:  Como conseguir mais inscritos no YouTube? Confira 5 dicas!

O Facebook Ads oferece uma série de ferramentas para seus anúncios. Muitas delas podem ser bem aproveitadas e, com um investimento razoável, contribuir para ganhos expressivos. Algumas dessas funcionalidades são:

  • impulsionar as publicações: ótima opção para aumentar o número de curtidas, comentários e compartilhamentos;
  • promover a página: anúncios para mostrar a sua página e conseguir curtidas;
  • encaminhar usuários para o site: direciona o público para uma página externa com o objetivo de apresentá-lo a um novo conteúdo, produto, ofertas etc.;
  • melhorar as conversões no site: além de contribuir para aumentar o tráfego do site, promover página de um produto, divulgar download de um conteúdo ou incentivar a compra, permite averiguar quantas pessoas concluíram o objetivo;
  • atingir as pessoas próximas: possibilita estabelecer um raio de alcance para veicular a campanha somente para grupos que estão dentro de uma limitação territorial;
  • adquirir visualizações do vídeo.

5. Analise o alcance e mensure os resultados

Por último, mas não menos importante, sugerimos que você sempre analise o alcance e mensure os resultados dos seus anúncios. Aliás, é válido lembrar que o Facebook Ads apresenta alta capacidade de mensuração, o que facilita bastante o seu trabalho.

Isso é essencial, pois, ao gerenciarem suas redes sociais, muitas empresas são iludidas pelas métricas de vaidade — que não demonstram, de fato, como anda a saúde de um negócio, tampouco auxiliam a tomar decisões acertadas.

Esse é um assunto muito sério. Um exemplo: não é interessante que você foque grande parte de seus esforços — financeiros, principalmente — em aquisição de fãs (curtidas), pois essa métrica não é algo que trará vendas de forma direta.

Viu como anunciar no Facebook não é nenhum bicho de sete cabeças? Com essas 5 estratégias você já consegue iniciar campanhas poderosas na rede social e comemorar bons resultados em seu negócio.

Gostou do post? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook para ficar por dentro de outros conteúdos como este!

O que pensam deste artigo...
  1. gustavo zenzen says:

    importante matéria!

  2. Maria de Jesus says:

    Muito Bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.